Downloads de Softwares

linux_e_windowsSoftwares Para DEFICIENTES VISUAIS

Liane TTS

O LianeTTS é um aplicativo (compilador) que analisa texto e o traduz em texto compilado no formato de difones (.pho) para processamento e síntese de voz pelo sistema mbrola (sintetizador de voz baseado na concatenação de difones). O LianeTTS é uma aplicação software livre, que se comunica com o usuário através de síntese de voz, viabilizando, deste modo, o uso destes computadores por deficientes visuais.
Pode ser acoplado a diversos programas para produzir a síntese de voz, seja através de um uso direto de suas rotinas, ou preferencialmente pelo uso do sistema Speech Dispatcher, que é uma camada de dispositivo independente para a síntese de voz que fornece uma interface de uso comum e fácil para ambas as aplicações clientes (programas que disponibilizam texto para a conversão) e softwares sintetizadores (programas que de fato são capazes de converter texto para fala).
Os arquivos abaixo disponíveis para download contem o arquivo de instalação e os manuais de utilização.
LianeTTS_Linux.tar.gz (ambiente Linux)
LianeTTS_Windows.zip (ambiente Windows)

DosVox (gratuito)

Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) vem nos últimos anos se dedicando à criação de um sistema de computação destinado a atender aos deficientes visuais. O sistema operacional DOSVOX permite que pessoas cegas utilizem um microcomputador comum (PC) para desempenhar uma série de tarefas, adquirindo assim um nível alto de independência no estudo e no trabalho.
O DOSVOX também convive bem com outros programas de acesso para deficientes visuais (como Virtual Vision, Jaws, Window Bridge, Window-Eyes, ampliadores de tela, etc) que porventura estejam instalados na máquina do usuário.
Rádio DosVoxGrade da semana
DownloadsUFRJ – DosVox 4.1 da UFRJ
UFRJ – Atualização do DosVoz 4.0 para 4.1
UFRJ – DosVox 4.1 Básico
Para maiores informações acesse a página: http://intervox.nce.ufrj.br/dosvox/download.htm

Virtual Vision

O Virtual Vision foi desenvolvido em 1997 a partir de pesquisas da MicroPower com  modelos de processamento de linguagem natural. É hoje o único software de leitura de telas desenvolvido nacionalmente capaz de funcionar sobre os aplicativos mais comuns utilizados na maior parte dos computadores (utiliza sistema operacional do Windows e reconhece Word, Excel, Internet Explorer, Outlook, MSN, Skype, entre outros).
Clientes do Bradesco podem receber o Virtual Vison gratuitamente. Basta entrar em contato com a sua agência.

Site
http://www.virtualvision.com.br/
Telefone: +55 (11) 3041-8600 / Fax: +55 (11) 3041-8610
Preencha o formulário para solicitar uma versão de teste.

JAWS

Desenvolvido para usuários de computador, cuja perda de visão impede de ver o conteúdo da tela, o JAWS lê em voz alta o que está na tela do PC.
Sitehttp://www.freedomscientific.com/products/fs/jaws-product-page.asp
Informações sobre o JAWS na página do epresentante no Brasil:
Telefone: +55 (11) 3665-8555
Fale Conosco: Opção para solicitar um orçamento

MAGIC

O Magic é um software de ampliação de tela de computador para pessoas com baixa visão. Além de ampliar a tela em até 16 vezes, permite escolher entre diversas configurações visuais e formas de exibição para conseguir a melhor condição de visualização possível para a condição visual do usuário. Uma versão com voz permite ainda vocalizar textos da tela ao mesmo tempo em que esta é ampliada.
Informações sobre o Magic na página do revendedor no Brasil 
Sitehttp://www.freedomscientific.com/
Telefone: +55 (11) 3665-8555
Fale Conosco: Opção para solicitar um orçamento

NVDA (gratuito)

O “Non Visual Desktop Access” ou NVDA, foi registrado sob a licença GPL (sigla em Inglês para “LICENÇA PÚBLICA GERAL GNU”), de autoria da Fundação para o Software Livre e adotada pelos sistemas GNU/Linux e outros.
A tecla INS juntamente com a tecla N acessão ao menu para configurar o funcionamento do NVDA.
FonteMundo CegalNVDA

MACDAISY

Baseado no padrão internacional Daisy – Digital Accessible Information System -, a ferramenta brasileira traz sintetizador de voz (narração) e instruções de uso em português brasileiro. O software permite converter qualquer texto em formato Daisy e, após a conversão, é possível manusear o texto sonoro de maneira semelhante ao texto escrito. “O Mecdaisy permite que o usuário folheie, consulte o índice, pesquise, faça comentários”, enumerou o analista de sistemas da UFRJ, João Sérgio Assis, que participou da equipe de desenvolvimento da ferramenta.

Braille Translator

Braille Translator é uma ferramenta online grátis para traduzir textos em Braille de até mil caracteres. Muito útil para escrever notas pequenas no sistema de leitura para cegos. O Braille Translator é bem fácil de usar. Basta escrever num campo de texto e clicar no botão “Translate!” que o programa traduz o conteúdo em uma imagem e em alfabeto Braille. Você pode salvar a imagem para imprimir em impressoras normais (depois basta furar os pontos), ou imprimir diretamente em uma impressora especial para Braille. Braille Translator ainda oferece a opção de copiar em formato ASCII para colar em um editor de textos com uma fonte Braille. Visualize a letra exata que cada símbolo representa clicando nas opções de “Style”. Use o Braille Translator com cuidado e atenção, pois não reconhece acentos e não usa o sistema de pontuação brasileiro. Mesmo assim, ele pode ser muito útil para escrever pequenas mensagens e ajudar quem está aprendendo o sistema.
FonteMath is Fun

DEFICIENTES AUDITIVOS

Dicionário de LIBRAS

Rybená

Player Rybená é um equipamento nacional capaz de converter qualquer página da Internet ou texto escrito em português para a Lingua Brasileira de Sinais – Libras.
Torpedo Rybená é um serviço que permite receber e enviar mensagens de texto na Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS.
Ouvintes podem enviar textos em Português aos surdos, que receberão a mensagem em LIBRAS, que é a sua língua materna.
Link para entrar em contato com o Instituto CTS.
Telefone: xx (61) 3468.2766
Emailrybena@cts.org.br

DEFICIENTES MOTORES

Headmouse e Teclado Virtual

Headmouse e o Teclado Virtual são tecnologias inovadoras que permitem a portadores de deficiência física acesso facilitado à internet e ao uso de computadores pessoais. As duas aplicações podem ser instaladas em qualquer computador equipado com webcam de baixo custo. As ferramentas foram desenvolvidas pela empresa espanhola Indra, multinacional de tecnologia da informação com larga experiência na Europa e América Latina, em conjunto com a Fundação Adecco e a Universidade de Lleida, na Espanha. Os Correios também terão oportunamente uma equipe de suporte treinada pela Indra para esclarecer dúvidas relativas à instalação e ao funcionamento das duas ferramentas. O Headmouse é uma solução tecnológica que permite às pessoas com mobilidade reduzida controlar o cursor do mouse pelos movimentos da cabeça. O software interpreta funções como “arrastar” arquivos por gestos faciais e piscar de olhos. Complementando a aplicação, o Teclado Virtual facilita às pessoas com deficiência física a possibilidade de redação de textos sem a necessidade de utilizar as mãos, já que capta os movimentos faciais do usuário, replicando-os sobre o um teclado digital.

SÍNDROME DE DOWN

JECRIPE

“Desenvolvido por alunos da Universidade Federal Fluminense (UFF) e vencedor do Prêmio de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, o Jogo de Estímulo a Crianças com Síndrome de Down em Idade Pré-Escolar (Jecripe), foi criado com o objetivo de auxiliar a terapia de crianças com Down, especialmente, entre três e sete anos de idade.”

DIFICULDADE DE COMUNICAÇÃO

Easy Voice

Este software especial criado por Paulo Condado, de 30 anos, doutorado em eletrônica e computação, permite que um deficiente que tenha dificuldade em se comunicar se possa fazer entender.
Já foi elogiado em revistas científicas, permitirá também fazer chamadas telefônicas através do Skype.
O Easy Voice – Atendimento Sem Barreiras  – vai ficar instalado no serviço de passaportes do Governo Civil de Faro e permitirá a síntese da voz para este tipo de deficientes.
DownLoad do Easy Voice – Versão 0.0.10

Ferramentas para download

Jaws 11

O leitor de tela mais popular do mundo, o JAWS para WINDOWS, trabalha em seu sistema de forma a providenciar acesso às aplicações mais populares e à Internet.
Com o sintetizador de voz interno e a placa de som do equipamento , a informação da tela é lida, permitindo o acesso a uma grande variedade de informação, aplicações de trabalho e educacionais. O JAWS também envia informações para linhas Braille, permitindo também acesso a esta tecnologia.
Compatível com os Sistemas Operativos Windows (95, 98, ME, NT, 2000 e XP).
Inclui suporte multilingue ( Inglês US e UK, Espanhol Castelhano e Latino -Americano, Francês Europeu e Canadiano, Alemão, Italiano, Português e Finlandês). instalação acompanhada por voz; Suporte imediato para as aplicações standard do Windows; Suporte avançado para as aplicações mais populares, como o Office; Suporte para o Internet Explorer (Links, listas, tabelas, gráficos, frames, flash, etc.); Linguagem de Scripts para personalizar aplicações não-standard;
Ferramentas para personalização fácil e sem Scripts.
Compatível com a maioria das linhas Braille (Grau I e II).

Moodle

O que é
Moodle é um software para gestão da aprendizagem e de trabalho colaborativo, permitindo a criação de cursos on-line, páginas de disciplinas, grupos de trabalho e comunidades de aprendizagem. Está em desenvolvimento constante, tendo como filosofia uma abordagem social construtivista da educação. Tem diversos nomes tais como Course Management System(CMS) e ainda Learning Management System (LMS) ou Virtual Learning Environment (VLE). Os utilizadores finais só precisam de um navegador de Internet.
A palavra Moodle referia-se originalmente ao acrónimo: “Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment“, que é especialmente significativo para programadores e investigadores da área da educação. Em inglês a palavra Moodle é também um verbo que descreve a ação que, com frequência conduz a resultados criativos, de deambular com preguiça, enquanto se faz com gosto o que for aparecendo para fazer. Assim, o nome Moodle aplica-se tanto à forma como foi feito, como à forma como um aluno ou docente se envolve numa disciplina “em-linha”. Quem utilizar o Moodle é um chamado Moodler.
Moodle tem evoluído desde 1999, apoiado por uma comunidade global, e já foi traduzido para mais de 70 línguas. O número de sites que usam o Moodle conta-se entre os milhares, e os utilizadores finais na ordem das centenas de milhar!
Principais características
  • Fóruns  
  • Gestão de conteúdos (Recursos)
  • Questionários e pesquisas com diversos formatos
  • Blogs
  • Wikis
  • Geração e gestão de databases
  • Sondagens
  • Chat
  • Glossários
  • Peer assessment
  • Suporte multi-idioma
 Outros programas (softwares) para deficientes visuais
O deficiente visual tem várias ferramentas que podem auxiliar no seu dia-a dia, nos estudos e no lazer
Fonte: Grupo de Apoio ao Deficiente Visual
O deficiente visual tem várias ferramentas que podem auxiliar no seu dia-a dia, nos estudos e no lazer. Todos os anos surgem novidades nessa área, desde bengalas com sensores até computadores feitos especialmente para cegos. Infelizmente essas novidades nem sempre estão acessíveis à maioria dos deficientes visuais pelo seu alto custo. Muitos desses produtos são importados e por isso, ficaram ainda mais caros por causa da recente alta do dólar. Mas temos uma boa notícia nessa área: O Instituto Laramara de São Paulo passou a fabricar no Brasil a americana máquina Perkins que digita em braille. Esse é um dos instrumentos mais valiosos os cegos. Com ela, o cego pode redigir direto em braille.
O uso do computador ajuda no desenvolvimento dos portadores de necessidades especiais, facilitando o aprendizado com os recursos de escrita, leitura e pesquisa de informação. O que permitiu o acesso do cego no Brasil ao mundo da informática foi o lançamento dos programas leitores de tela, como o DOSVOX, o Virtual Vision e o Jaws, como veremos abaixo. Com esses programas o deficiente visual pode não apenas ler e escrever textos no computador, como navegar na Internet. Já existe um movimento internacional no sentido de tornar as páginas de Internet cada vez mais acessíveis ao deficiente visual. Seguindo algumas regras simples de diagramação, qualquer página de Internet pode ser lida pelos programas leitores de tela, abrindo também para o deficiente visual um mundo novo de informações que estão disponíveis na Internet.
Programas para deficientes visuais:
BR Braille – Programa transcritor de textos em caracteres Braille para caracteres alfanuméricos em português.
(Nota SACI – O software BR Braille foi desenvolvido pela Faculdade de Engenharia Elétrica
e de Computação da UNICAMP, e pode ser baixado gratuitamente pela Internet
no site http://www.fee.unicamp.br/deb/brbraille/).
Braille Creator – Software que permite criar textos em Braille no computador com vários recursos e é compatível com as principais impressoras Braille no mercado.
(Nota SACI – www.micropower.com.br/dv/braille/index.asp)
Braille Fácil – Programa que permite digitar diretamente ou importar um texto de um editor de texto convencional para preparar textos que podem ser enviados para uma impressora braille.
Dolphin – Esse software inclui um leitor de tela para cegos e um ampliador de tela para pessoas com visão subnormal.
DOXVOX – primeiro programa de leitura de tela feito no Brasil, o DOSVOX é um sistema destinado a auxiliar o deficiente visual a fazer uso do computador através de um aparelho sintetizador de voz. O sistema foi desenvolvido no Núcleo de Computação da Universidade Federal do Rio de Janeiro e vem sendo aperfeiçoado a cada nova versão por programadores deficientes visuais.
Para obter uma cópia gratuita do DOSVOX basta telefonar para (021) 2598-3198 e solicitar um cd gratuito do DOSVOX.
O CD será enviado por CECOGRAMA, e portanto gratuito. Entretanto, terá que enviar um CD para reposição.
(Nota SACI – A forma mais adequada de fazer a instalacao 3.1, que é a última versão do DOSVOX, e’ baixando o kit mínimo DOSVOX e o executando. Ele faz tudo sozinho. Este kit deve ser copiado de http://intervox.nce.ufrj.br/dosvox/download.htm. A partir daí pode-se fazer todas as atualizações emhttp://intervox.nce.ufrj.br/upgrade)
Jaws – Considerado atualmente o leitor de tela mais popular do mundo, o Jaws for Windows da norte-americana Freedom Scientific possui um software de sintetizador de voz que utiliza a própria placa de som do computador. O Jaws roda em diversos idiomas, inclusive em português. O programa tem a capacidade de ler certos recursos de páginas de internet que outros programas do gênero não têm.
(Nota SACI – http://www.freedomscientific.com/ )
Openbook – É um dos softwares lideres de leitura OCR desenvolvido para os portadores de deficiências visuais.
Pocket Voice – uma aplicação informática que, fazendo uso da linguagem pictórica, simbólica e do simples texto, possibilita ao utilizador reproduzir sonoramente o que não se consegue dizer por incapacidade física.
Desenvolvido pelo casal de programadores Carla Vieira Faria e Pedro Ivo Faria, o “software” em questão ganhou no ano transacto o concurso nacional da especialidade promovido pela Microsoft, sendo pelos criadores disponibilizado gratuitamente a quem precisa http://www.pocketvoice.com/
Slimware Window Bridge – Foi o primeiro programa de leitura de telas e recebeu um prêmio internacional em 1996 como uma contribuição importante para o desenvolvimento tecnológico.
(Nota SACI – http://members.tripod.com/slimprize/screen_readers.html)
Tecla Fácil – Esse programa permite o treinamento de técnicas de digitação com o uso de teclado alfanumérico e numérico do microcomputador por cegos e portadores de visão subnormal, de forma autônoma.
Nota SACI –
Teclado falado – Digita com sintetizador de voz.
Virtual Vision – Outro programa leitor de tela brasileiro, o Virtual Vision foi desenvolvido pela MicroPower. O Virtual Vision é totalmente adaptado para o uso do sistema operacional Windows e seus aplicativos e não requer sintetizador de voz externo. O programa utiliza o Delta Talk, a tecnologia de síntese de voz que garante, segundo o seu fabricante, a qualidade de áudio como o melhor sintetizador de voz em português.
(Nota SACI – Para mais informações, consulte http://www.micropower.com.br)
WAT – IBM Web Adaptation Technology – Um navegador para pessoas com baixa visão, que pode ser configurado conforme a necessidade do usuário.
www.webadapt.org/ibm
A IBM, em parceria com a Rede SACI, tem um projeto de utilização e acompanhamento do software. Os interessados podem enviar um email pararegistrowat@saci.org.br e se inscrever no programa.
Windows-Eyes – Outro programa de leitura de telas que inclui novos recursos importantes para facilitar o acesso à Internet para os deficientes visuais.
(Nota SACI – http://www.gwmicro.com/)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s